segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Apostila Concurso JUCEPAR 2017 AGENTE PROFISSIONAL (COMUM A TODAS AS FUNÇÕES)

A Junta Comercial do estado divulgou por meio do Núcleo de Concursos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR, o edital que rege o concurso público para 78 vagas em carreiras de nível médio e superior (concurso JUCEPAR 2017). Todas as vagas são para lotação na cidade de Curitiba-PR.Do quantitativo de vagas, serão reservadas 53 vagas para Técnico Administrativo, cargo de nível médio que tem salário de R$ 1.523,85; e 25 vagas de nível superior, nos cargos de Administrador (6), Bibliotecário (1), Contador (16) e Economista (2), com remuneração inicial de R$ 3.657,27. Todos têm jornada de trabalho de 40 horas semanais e serão nomeados pelo regime estatutário.

CONTEÚDO COMUM A TODAS AS FUNÇÕES
Conhecimentos Básicos, 
Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Matemático,
Noções de Informática e Conhecimentos Gerais



Para o cargo de Agente Profissional (Comum a Todas as Funções) são 25 vagas, com remuneração de R$ 3.657,27 e carga horária de 40 horas semanais. Para concorrer à vaga o candidato deve possuir nível superior.
As inscrições começam nesta sexta, 15 de setembro, e seguem até as 16h do dia 16 de outubro de 2017, pelo site da Puc-PR - http://www.pucpr.br/concursos. A taxa de inscrição será de R$ 65,00 para o cargo de nível médio e de R$ 100,00 para nível superior.

O concurso JUCEPAR 2017 contará com provas objetivas, composta por 40 questões sobre conhecimentos de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Matemático, Noções de Informática, Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. A aplicação da prova está prevista a serem aplicadas na segunda quinzena de novembro de 2017. A data será confirmada no dia 25 de outubro de 2017. Os gabaritos preliminares serão divulgados a partir das 18 horas do dia subsequente a aplicação das provas.


A validade do concurso será de 24 meses, com possibilidade de prorrogação por igual período, a critério da Secretaria de Estado da Administração e da Previdência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário