terça-feira, 19 de setembro de 2017

Apostila Concurso CRESS SP 2017 ASSISTENTE SOCIAL - AGENTE FISCAL

Atenção Concurseiros! Oportunidade no Concurso do Conselho Regional de Serviço Social de São Paulo - 9ª Região (CRESS-SP).

O Conselho Regional de Serviço Social do Estado de São Paulo, que compreende a 9ª Região, faz saber aos interessados a abertura de edital de concurso público (Concurso CRESS SP 2017) para preencher 02 vagas e formar cadastro reserva em cargos com requisito de ensino médio e superior. Os salários oferecidos oscilam entre R$ 1.900,31 e R$ 3.533,63, por até 30 horas semanais.
O cargo de assistente de administração e serviços - atendimento (1 vaga + CR) exige ensino médio completo. O salário inicial é de R$ 1.900,31 para carga horária semanal de 30 horas. 
Já para quem tem nível superior e registro no Cress, a chance é para o posto de assistente social - agente fiscal (1 + CR). A remuneração é de R$ 3.533,63 para jornada de trabalho de 30 horas semanais.  
No caso de assistente de administração e serviços - atendimento, a vaga imediata é para a seccional de Campinas, enquanto que a de assistente social - agente fiscal é para a seccional de São José do Rio Preto. Porém, para as duas opções, o concurso também servirá para formar cadastro nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Grande ABC, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba. 
Além dos vencimentos, o CRESS-SP ainda oferece para os seus servidores os seguintes benefícios: vale-transporte; vale-refeição e vale-alimentação no valor total estimado de R$ 970,16; e assistência médica. 
- Língua Portuguesa
- Matemática e Raciocínio Lógico
- Noções de Informática

Para o cargo de Assistente Social - Agente Fiscal é 01 vaga + formação de cadastro reserva, com remuneração de R$ 3.533,63 e carga horária de 30 horas semanais. Para concorrer à vaga o candidato deve possuir nível superior.
As inscrições serão realizadas no endereço eletrônico da SHDias, www.shdias.com.br, no período de 19 de setembro de 2017 a 20 de novembro de 2017. A taxa de inscrição é de R$ 60,00.
concurso do CRESS-SP será constituído de uma única etapa: prova objetiva. Ela será composta por 40 questões de múltipla escolha para ensino médio e 50 questões para nível superior, que versarão sobre as matérias de língua portuguesa, matemática e raciocínio lógico, noções de informática e/ou conhecimentos específicos. 
A prova está prevista para ser realizada no dia 28 de janeiro de 2018, nas cidades de Campinas, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e São Paulo.

Atribuições dos cargos
Assistente de administração e serviços/atendimento - Prestar atendimento telefônico, pessoalmente ou através da página (internet) do Conselho e orientar quanto aos procedimentos e documentação necessária para inscrição e registro de profissionais assistentes sociais; receber e conferir documentação para inscrição e registro, identificando documentação em desacordo ou incompleta e orientando para as providências necessárias para o prosseguimento da inscrição e registro. Organizar a documentação recebida e encaminhar para a sede para homologação; atuar no suporte administrativo quando da realização de eventos patrocinados pela sede/seccional e efetuar a divulgação através da utilização do correio eletrônico (e-mail) e/ou outros meios de comunicação; atuar no suporte administrativo às comissões, a diretoria e aos agentes fiscais, providenciando o que for necessário para a realização de seus eventos e reuniões; controlar a utilização e níveis de estoque de material de escritório e apoio utilizados na sede/seccional, assim como das publicações editadas pelo Conselho; executar outras tarefas. 
Assistente social/agente fiscal - Executar a Política Nacional de Fiscalização do conjunto CFESS/CRESS, assegurando seus objetivos e diretrizes; fiscalizar e inspecionar as atividades de serviço social na área de jurisdição sob sua responsabilidade, verificando a habilitação profissional dos/as profissionais atuantes, visando assegurar que as atividades de serviço social sejam executadas por profissionais devidamente habilitados/as; participar da elaboração do plano anual da Comissão de Orientação e Fiscalização - COFI, em consonância com o estabelecido na Política Nacional da Fiscalização - PNF, fornecendo informações técnicas sobre as ações, regiões e instituições, oferecendo suporte na realização da estratégia do Conselho; propor e realizar atividades preventivas de orientação e discussão junto aos profissionais e instituições diversas, tendo como base o cronograma das diretrizes da Política Nacional de Fiscalização - PNF e o plano anual de ação da Comissão de Orientação e Fiscalização - COFI; receber denúncias sobre o exercício ilegal da profissão, verificando a origem, analisando o conteúdo e realizando as investigações necessárias, emitindo pareceres e tomando medidas e providências cabíveis, conforme orientação previa da coordenação da SFP (Política Nacional de Fiscalização); entre outras. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário